quinta-feira, 4 de novembro de 2010

A estúpida Mayara Petruso




É um absurdo extremo, em pleno século XXI, alguém acreditar que é superior a outrem.
É uma estupidez sem tamanho. 
O mais triste é que não é privilégio de poucos. Eu me pego várias vezes tendo que discursar contra o preconceito.
Mas, o que dói é este tipo de crime que não tem nome. Essa garota estuda Direito; o que não nos diz nada, já que nos dias de hoje, estar em uma Faculdade não significa coisa alguma. Provavelmente é mais uma analfabeta acadêmica, cometendo racismo.
Mayara não cometeu racismo em seu microblog, o que declarou não tem nome.
Conhecemos a inaceitável xenofobia, a homofobia, o preconceito contra outra raça.
Até existe um estudo recente que explica porque não percebemos as diferenças entre um e outro cidadão japonês, os japoneses também não discernem o quão diferente é um europeu de outro europeu.
Explicado biológicamente, aceitável, mas como podemos aceitar o preconceito ? E além do mais, como podemos aceitar o preconceito de um povo contra si próprio?
É inominável, e tem que acabar.
A minha luta feminina é,também, nordestina.
Precisamos corrigir essa falha, essa corrupção dentro da nossa nação, já que não podemos mudar a luta entre os Hutus e os Tutsis(guerra absurda entre um mesmo povo, na nossa mãe África).
A minha indignação contra a brasileira Mayara, é completamente racional, e não simplesmete porque minha bisavó é Pernambucana, e uma de minhas avós Paraibana, a outra Alagoana, minha mãe Sergipana e meu pai Potiguar.
A minha indignação existe e só.
Quem dera meu desprendimento chegasse a tal ponto em que eu realmente curasse essa garota e a convencesse do quão maravilhoso o povo nordestino é, se eu cedesse, por uma noite, a ela o Baiano que me acompanha por todas as noites.
A partir daí,certamente, ela seria uma brasileira consciente, amorosa e feliz.

2 comentários:

sérgio de castro disse...

Tay,vc não sabe o tamanho de minha indignação contra essa analfabeta cultural.Essas pessoas precisam ler mais,ouvir boa musica,ver bons filmes,se vc for ter um papo com esse povinho não sai nada.Isso não esta longe de nos no ambiente de trabalho ouvir a mesma coisas de que ''nordestino faz filho para ter bolsas e encher as favelas de SP''Então imagina minha indignação!! Viva a baianidade desse pais,viva a minha paraiba.Quando falo que LAMPIÃO faz falta é por esse motivo.
Abraços

Neto Reis disse...

Amor,

Estou muito orgulhoso e feliz de saber que em mundo de tantas Mayaras, existe uma Tayana, mulher decidida, justa, sincera e honesta, uma pessoa sem preconceitos e com um coração que se pudesse abrigava a todos.Você é o melhor presente que Deus poderia me abençoar,obrigado por existir e fazer feliz o dia de cada um que tem oportunidade de conviver com você, pode ter certeza que nesse mundo você não é mais uma e sim aquela que faz a diferença para um mundo melhor.
Um Beijão e milhares de Te AMO de seu esposo que tanto a ama e se orgulha.

Postar um comentário